Estratégia de comunicação & introdução ao marketing digital

Estratégia de comunicação & introdução ao marketing digital

Estratégia de comunicação & introdução ao marketing digital

Allídem
Com amor pela equipe
4 minutos de leitura

Diagnóstico


Qualquer plano de comunicação será muito mais rico e embasado a partir de um diagnóstico de mercado. Neste processo é importante analisar concorrentes e benchmarks e compreender como eles se comportam em cada ponto de contato. Quando falamos de pontos de contato nos referimos tanto ao online quanto ao offline. No online é importante avaliar todos os canais digitais como website, redes sociais e até mesmo aplicativos. Já quando falamos dos pontos de contato offline todo contato físico deve ser observado como a arquitetura, o ambiente, materiais impressos entre outros.

Por fim, algumas perguntas são fundamentais serem respondidas como por exemplo:

  • Como ocorre a experiência do meu concorrente ou benchmark com relação ao produto ou serviço que oferece?
  • Esta experiência é relevante e impactante?
  • Quais atributos esta experiência transmite?
  • O que posso extrair de insights e aprendizados para o meu negócio?
  • PROPOSTA DE VALOR

Produto ou Serviço é a base do negócio e para trabalhar a sua comunicação será importante ter clareza da sua proposta de valor.
É na proposta de valor que explicamos os problemas que o produto ou serviço resolve e quais benefícios entrega aos consumidores. O modelo que recomendamos para auxiliar na criação da proposta de valor foi criado por Geoffrey Moore e introduzido pela primeira vez em seu livro – Crossing the Chasm. O modelo de Moore é frequentemente usado pelas empresas da Fortune 500. Veja abaixo como funciona o modelo:

  1. Para ____________________________ (cliente alvo)
  2. que _____________________________ (declaração da necessidade ou oportunidade)
  3. nosso ___________________________ (nome do produto / serviço)
  4. que ____________________________ (declaração de benefício)
  5. diferente ________________________ (concorrente)
  6. nosso produto/serviço ______________ (diferenciador primário)

Vale reforçar que no momento de chegar ao último item: diferenciador primário, provavelmente haverão outros pontos que poderão ser destacados como diferenciais. Vale definir até 3 pontos, pois eles poderão ser utilizados na comunicação.

Público alvo

Ter clareza do público alvo será fundamental para qualquer iniciativa de marketing. Para isso, a construção da Persona será fundamental pois ajudará a definir o perfil de cliente do produto ou serviço. Aqui será importante observar questões como Demografia (idade, sexo, rendimento), Psicografia (interesses, hobbies, estilo de vida), Objetivos, Necessidades, Desafios, Comportamento e por aí vai. Quanto mais detalhada for a persona melhor pois facilitará na compreensão do target.

Objetivo de marketing

Qualquer iniciativa de marketing deve ter um objetivo claro definido. Caso contrário caímos na famosa frase da Alice no país das maravilhas: “Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve”. Aqui a pergunta mais importante que deve ser feita é: “Por que estamos investindo em marketing?” E, na sequência devemos definir o que queremos atingir.

Veja abaixo alguns exemplos de objetivos de marketing:

  • Gerar Brand Awareness?
  • Gerar leads – e aqui vale definir o que é considerado um lead?
  • Aumentar vendas?
  • Gerar conversões?
  • Aumentar a fidelidade do consumidor?

Para saber quais KPIs podem ser atrelados à estes objetivos, recomendamos a leitura do artigo objetivos de marketing.

Se iremos investir tempo e recurso em alguma iniciativa de marketing, deve-se ter clareza o que se espera com ela. Mais do que isso, deve-se ter clareza do quanto a iniciativa de marketing nos guiará ao objetivo que queremos atingir. O que recomendamos nesse processo de definição é se apropriar da metodologia SMART (specific / measurable / achievable / relevant / time phased) para descrever o caminho.

Os últimos 3 pilares citados acima são fundamentais como base do plano de comunicação e marketing. Para fazer este plano de fato acontecer, nos guiaremos em 3 outras frentes as quais conseguimos inclusive mensurar: a jornada do cliente, os canais e por fim a mensagem/conteúdo.

Jornada do cliente

Compreender a jornada de acesso/compra do cliente ao produto ou serviço é fundamental para posteriormente definir os iniciativas que serão realizadas de acordo com os canais. A jornada do cliente diz respeito ao momento que o cliente fica sabendo do produto ou serviço até chegar na etapa de compra, ou ainda de relacionamento pós compra. Com a evolução da tecnologia e a ampliação do escopo do marketing para o marketing digital, ficou muito mais fácil chegar até o cliente para que ele tenha acesso às informações da sua marca, produto ou serviço.

Se pensarmos em etapas lineares, nos baseamos em uma metodologia que apresenta 5 etapas:

  1. Awareness/ConhecimentoAqui é quando o seu público fica sabendo que você existe pela primeira vez.
  2. Interesse – Aqui é quando o seu público sabe que você existe, e está interessado no que você tem para oferecer.
  3. Desejo – Aqui é quando o seu público sabe que você existe, e quer o que você tem para oferecer.
  4. Ação – Aqui é quando o seu público sabe que você existe, e parte para ação de compra/contratação do seu produto ou serviço.
  5. Pós Ação – Aqui é quando o seu público já realizou a ação de compra/contratação.

Vale ressaltar no entanto que a jornada do cliente nunca é linear, mas possui idas e vindas. Fatores externos podem fazer com que o usuário parta para a etapa de ação sem nem sequer passar pelas etapas anteriores.

Canais

A escolha dos canais de comunicação depende muito do cliente (persona) e da jornada do cliente. Até pouco tempo as iniciativas de comunicação em Marketing costumavam ser de uma maneira (televisão, rádio, impressos, outdoors) a internet mudou este cenário e trouxe um outro tipo de interação com o cliente. Hoje, para saber sobre uma marca, produto ou serviço acessamos os websites, as redes sociais, recebemos campanhas de e-mail marketing, podemos ler a respeito nos canais de busca, ou até receber um whatsapp ou sms. Para entender o canal que deverá ser utilizado será importante se questionar o quanto o canal faz sentido para a jornada em que o cliente estará no momento de contato com a marca. Aqui vemos muitas marcas cometerem o equivoco de dedicar tempo e recurso em canais que não deveriam ser explorados se levarmos em consideração os objetivos de marketing definidos pela empresa.

Mensagem / conteúdo

Por fim, chegamos na mensagem/conteúdo. A mensagem deve traduzir não só os pontos levantados na proposta de valor mas também todos os atributos que compõem o Branding da empresa.

Para iniciar qualquer iniciativa de marketing na sua empresa, será fundamental ter clareza de todos estes pilares que compõem a estratégia de comunicação e marketing. Sem eles, as iniciativas serão aleatórias sem clareza do objetivo a ser atingido.

Até aqui você teve acesso à metodologia que nos apoiamos para o desenvolvimento dos nossos projetos.
Estas informações lhe ajudaram?

Assine a nossa Newsletter e fique por dentro dos nossos conteúdos.

Sobre a Allídem

A Allidem é uma consultoria estratégica com foco em comunicação e marketing .
Nossa missão é gerar novas oportunidades de negócios a partir das iniciativas de comunicação e marketing de nossos clientes. Atuamos como um braço estratégico que direciona e gerencia as iniciativas através de parceiros.
A Allidem conta com cases em diferentes setores como o Mercado Financeiro, Healthcare, Agronegócio, Startups entre outros no Brasil e na América Latina.